NVIDIA desenvolve técnica de renderização multi-GPU baseada em bloco chamada CFR



NVIDIA is invested in the development of multi-GPU, specifically SLI over NVLink, and has developed a new multi-GPU rendering technique that appears to be inspired by tile-based rendering. Implemented at a single-GPU level, tile-based rendering has been one of NVIDIA's many secret sauces that improved performance since its 'Maxwell' family of GPUs. 3DCenter.org discovered that NVIDIA is working on its multi-GPU avatar, called CFR, which could be short for 'checkerboard frame rendering,' or 'checkered frame rendering.' The method is already secretly deployed on current NVIDIA drivers, although not documented for developers to implement.

No CFR, o quadro é dividido em pequenos quadrados, como um tabuleiro de xadrez. Os blocos com números ímpares são renderizados por uma GPU e os com números pares pelo outro. Ao contrário do AFR (renderização de quadro alternativo), em que a memória dedicada de cada GPU possui uma cópia de todos os recursos necessários para renderizar o quadro, métodos como CFR e SFR (renderização de quadro dividido) otimizam a alocação de recursos. O CFR também oferece menor micro-gagueira que o AFR. O 3DCenter também detalhou os recursos e requisitos do CFR. Para começar, o método é compatível apenas com o DirectX (incluindo o DirectX 12, 11 e 10), e não o OpenGL ou o Vulkan. Por enquanto, é exclusivo do 'Turing', já que o NVLink é necessário (provavelmente sua largura de banda é necessária para virtualizar o buffer do bloco). Ferramentas como o NVIDIA Profile Inspector permitem forçar a CFR desde que os outros requisitos de hardware e API sejam atendidos. Ele ainda tem muitos problemas de compatibilidade e permanece praticamente sem documentos pela NVIDIA.


Source: 3DCenter.org